quinta-feira, 24 de julho de 2008

DEZ MOTIVOS PELOS QUAIS EU NÃO SUPORTO "EVANGÉLICOS"

1)—Eles se autodenominam evangélicos, ou mesmo cristãos! Na verdade, eles são protestantes pentecostais e neopentecostais. Todavia, eles pregam que são os legítimos cristãos, ignorando toda uma massa representada pelos católicos, ortodoxos, espíritas, anglicanos e protestantes tradicionais (Batistas, metodistas, luteranos...), como se esses não fossem, também, cristãos!

2)—Eles pensam que Deus é surdo! Não dizem por aí que “O silêncio é uma prece”? Pois, silêncio é a última coisa a ser encontrada nesses “templos”. E eles gritam, choram, berram, se descabelam, fazem os mais variados tipos de poluição sonora. Nem Adolf Hitler gritava tão alto!

3)—Eles pregam pelo medo! Eles falam e acontecem sobre o poder do Satanás, sobre seus ardis e artimanhas, chegam, inclusive, a ameaçar com o inferno a quem não fazer parte das hostes do Senhor. E eles parecem conhecer o inferno tão a fundo que são capazes até de estipular a sua temperatura (Segundo um folheto que eu li, são 20.000°C – “E sem uma gota d’água!”, ainda complementam) e encher as cabeças dos outros com mídias que registrariam os lamentos dos abandonados por Deus (Já assistiu “Deixados pra Trás”? é a obra-prima da pregação protestante pelo medo).

4)—Eles se alienam, tentando se isolar do resto do mundo! Hoje vocês vêem por aí lojas, livrarias, rádios e até emissoras de TV (Fora os milhares de sites da internet), destinados exclusivamente ao público evangélico. Pouco a pouco, eles estão formando uma sociedade à parte, segregada da sociedade do Mundo ou De Roma. Quem garante que, quando eles dominarem o mundo (o maior sonho deles) não haja em vários lugares uma plaqueta na porta, escrito “Proibido entrada de não-evangélicos”?

5)—Eles são hipócritas! Se autoproclamam Filhos de Deus ou Gente de Deus. Na opinião desses alienados, quem não for batizado nas igrejas deles é apenas uma Criatura de Deus, como se fosse uma casta inferior à deles, e não será salvo, não importa o bem ou o mal que faça. Já na opinião desses coitados, se um sujeito, por pior que tenha sido (Estuprador, serial killer, canibal...), se aceitar Jesus no coração, e for batizado, será salvo. É pra rir ou pra chorar?

6)—Eles deificam a pessoa de Jesus Cristo! Para eles, Jesus Cristo é o Messias, 100% Deus e 100% Homem. Primeiro, ninguém é 200% alguma coisa, pois isso viola uma lei fundamental: A da Matemática. Segundo, porque de acordo com o que foi escrito na Bíblia, Jesus NUNCA afirmou que era Deus, mas sim, Filho de Deus. Ninguém pode ser filho de si mesmo, a menos que se faça uma clonagem. Jesus Cristo pode ter sido um ser de importância extrema. Mestre, sim. Rabi, sim. Messias, talvez. Salvador, provavelmente. Mas Deus, NUNCA!!!

7)—Se dizem “os perseguidos”, mas perseguem! Se você comprar um livro, que pretende analisar as mais diversas religiões ou buscar a verdade nas doutrinas, mas que foi escrito por um pastor, verá a verborragia intolerante despejada contra crenças de menor expressão popular e sem respaldo político, tais como as crenças afro-brasileiras, constantemente satanizadas pela intolerância e pelo preconceito desses alienados. Crenças orientais (Em especial as indianas, como os Hare Krishna) freqüentemente sofrem o mesmo tipo de ataque, e nem os católicos (chamados por eles de idólatras) são poupados. Em contrapartida, dizem-se os perseguidos, principalmente quando um político evangélico tem um projeto de lei vetado por parlamentares. Se um pastor é preso, então, parece que é o fim do mundo!

8)—Usam a Bíblia como escudo, modificando o sentido das palavras! Quantas vezes você já viu versículos bíblicos espalhados por aí sem que se observe o resto da frase? Muitos versículos bíblicos não fazem o menor sentido quando lidos na totalidade da frase. É assim mesmo! Os tais evangélicos pegam um versículo que lhes interessa nas pregações, e os coitados que a lêem mas não a estudam, acabam vítimas fáceis dos ardis dos pastores.

9)—São soberbos, orgulhosos e egoístas! Não foi Cristo que disse “O que se exaltar será humilhado e o que se humilhar será exaltado”? Já viu a suntuosidade dos templos evangélicos, como os da Igreja Universal, Assembléia de Deus e outros Tubarões da Fé? Chega a ser uma afronta aos olhos de Deus! E quando você pede ajuda para esses caras, o que eles querem saber? A—Se você é de alguma igreja evangélica; B—Caso não seja, se você está interessado em entrar na igreja deles. Se a ajuda deles não beneficiar a eles mesmos ou à igreja deles, não espere ajuda, pois ela não virá.

10)—Querem impor seu modus vivendi a quem não é de suas igrejas! A cena é a mesma em vários pontos do Brasil: Família de crentes, com vizinhos não-crentes. Daí, os crentes ligam o rádio com música gospel lá no último volume, para todos os que quiserem ouvir – E até os que NÃO quiserem ouvir também – de preferência cantando junto, com aquela voz desafinada. Fazem cultos barulhentos em suas casas (Ou nas calçadas de suas casas). Pedem e insistem para os vizinhos irem à igreja com eles. Cantam hinos de igreja com aquela voz de quebrar taça. Ou seja, querendo converter os não-crentes, por bem ou por mal.

...E ainda querem que eu seja compreensivo com essa raça! Vão se fuder!

Autor: J. N. Dias