sábado, 28 de junho de 2008

MENÇÃO HONROSA DE MACHO DE RESPEITO - DALIP SINHG

DALIP SINHG

Conhecido como "The Great Khali" pela maioria das pessoas que o vê em seu emprego atual, lutador de Wrestling (luta livre americana "combinada") pela brand "WWE".

Altura: 2.24m de altura
Peso: 190kg

Antiga Profissão: Fisioculturista
Antiga Antiga Profissão: Policial

Nota: Camarada. Você assalta alguém em uma cidade onde tem um policial de 2.24m de altura e 190kg de puro músculo?

Fora isso, o cara é um exemplo de cidadão. Super gente boa, foi muito simpático, deu autógrafos à torto e à direito, tirou fotos fazendo golpes em todo mundo, e encerrou sua breve estadia de 1 tarde no Brasil com um grito: "KHALI WANTS PARTY!!! \o/" seguido por uma legião de fãs gritando "AAAAHHHHHHH!!!! \o/" atrás dele, ao lado de um inconformado Batista, e de uma gostosíssima Melina.

Great Khali é um macho de respeito, porque com todo seu tamanho titânico, sua dificuldade para falar, sua simples INCAPACIDADE de dirigir um carro (não existe no MUNDO um veículo que comporte suas pernas e pés normalmente - é a mulher dele quem leva ele aos lugares onde ele precisa ir) por manter o bom humor, a simpatia, e adquirir o respeito dos fãs. Os A.D.B.s, que antes assistiam entediados as lutas do Khali, agora assistem e TORCEM PELA SUA VITÓRIA.

Assistam: The Longest Yard, com Adam Sandler - ele participa do filme.
Agente 86 (Gettin' Smart) - Ele participa do filme

basicamente, assistam qualquer coisa onde ele apareça. Ele merece. Sério.

MACHOS VIRIS REALMENTE MÁSCULOS E BADASSES

*Escrito inspirado (e muita coisa copiada) do Blog do Loner - PRODUTOS DO TÉDIO -> que você encontra em um link à sua direita.

Freqüentemente depois de assistir a algum desses filmes maneiros, cheios de explosões e porradas, nos pegamos conversando sobre filmes de macho em geral. Debatendo quais têm as maiores explosões, as perseguições de carro mais emocionantes, e as cenas de luta mais excitantes. Dentre esses debates, está o de cara mais macho do cinema. Como um expert do cinema de ação, venho aqui agora expor minhas opiniões, detalhadamente, a respeito dos dez ossos mais duros de roer que já fizeram seus ouvidos zumbirem na tela do cinema. Quem são, e o que fizeram para merecer esse reconhecimento. (Schor, P. - 2008)

Devo concordar em gênero, número e grau com a tabela acima, exceto com um detalhe. É meu dever de macho viril realmente másculo e badass adicionar algumas personalidades - algumas conhecidas por vocês, outras não. Personagens, Atores, Lutadores de Luta Livre, e por aí vai. Portanto, a minha lista não vai ter apenas os 10 caras mais machos do mundo do cinema, mas um apanhado de machos viris realmente másculos e badasses em geral.

Jean-Claude Van Damme
Van Damme é um bailarino francês, baixinho e burro, o que já o impediria de adentrar essa lista. Acontece que lhe foram atribuídos uma infinidade de personagens tão machos que colocariam até o Edson Cordeiro nessa lista. Em seus filmes, Van Damme é sempre algum bonzinho que desrespeita as regras que lhes são impostas "em nome de um bem maior", encara uma série de lutas com caras bem mais invocados que ele, e pra completar, SEMPRE derrota o cara mau com aquela voadora de pernas abertas dele (nota do Setz: a voadora é tradicionalmente conhecida como "voadora do dragão branco" por causa do filme que lançou a carreira do Van Damme, de mesmo nome, e também o 1o. filme em que ele a usou. Reza a lenda que ele teve que fazer uma cirurgia pra extrair um par de costelas, pra conseguir realizá-la. Não sei se a informação procede). Meu favorito é "O Grande Dragão Branco", que ele enfrenta uma série de lutas maneiras com personagens invocadíssimos, e derrota o chinês malvadão (nota do Setz: CHONG LI! CHONG LI!) no fim com sua voadora de pernas abertas. Até na comédia ele deu certo! No papel de Guile, em "Street Fighter", ele me arrancou infinitas risadas a cada segundo de filme!
Mais por falta de opção do que qualquer outra coisa (estava na dúvida entre ele, Bruce Willis e Wesley Snipes. Acho que seria Willis aqui, se eu tivesse visto "Duro de Matar 4"), Van Damme é o lanterninha da nossa lista.

HERE COMES A NEW CHALLENGER: Bruce Willis

Bruce Willis, como o próprio Loner já definiu, é um careca invocado, e isso já deveria ter arremessado ele automaticamente nessa lista. O que chama a atenção nos filmes de Bruce Willis é, para mim, principalmente a série DURO DE MATAR. O primeiro filme é em um prédio. O segundo, em um aeroporto. O terceiro, em Nova York. O quarto é nos Estados Unidos. Deus queira que não haja um quinto. Eu realmente temo pelas nossas vidas. Mas nem só de Duro de Matar vive nosso bom amigo Bruce. Personagens como o herói de Corpo Fechado e O Quinto Elemento fizeram a fama de Willis, e deixam em nossa memória a forma como ele deve ser lembrado: com uma metralhadora nas mãos, mandando chumbo em sequestradores/terroristas/aliens/whatevah.

Vin Diesel
Quando Vin Diesel começou carreira, no mediano "Triplo X", disseram que ele era o novo Stallone. Eu acho um pouco forçado, mas não dá pra realmente descreditar o cara. Ele é naturalmente careca e invocado, o que dá um tremendo bônus. Além do "Triplo X", ele também figurou o primeiro "Velozes e Furiosos", cujas cenas de corrida me arrancaram freqüentes exclamações. Mas seu personagem mais célebre é Riddick(nota do Setz: Riddick também é um de meus personagens favoritos da história do cinema, o cara briga MUITO @_@). Protagonista dos filmes "Eclipse Mortal" e "A Batalha de Riddick", o furyan que enxerga no escuro e luta um estilo maneiro com adagas é um dos bad boys invocados mais animais de todos os tempos. Eu tenho personagens preferidos, mas tenho que admitir que poucos conseguiriam levar a melhor contra o Riddick. Esse personagem sozinho talvez tivesse rendido ao Diesel uma posição maior no ranking, e na minha opinião, nem "Operação Babá" tira pontos dele. E eu ainda acho que ele deveria ter interpretado o Agente 47 em "Hitman".
(nota do Setz, e desconhecida por muitos: também existe na internet uma página de "Fatos de Vin Diesel", como a do Chuck Norris, mas é bem mais fraca.)

HERE COMES A NEW CHALLENGER: Wesley Snipes

Pra mim, o negão só precisou ter 2 papéis de respeito: o vilão de "O Demolidor" (com Silvester Stallone) e BLADE, o Caçador de Vampiros. "Mas peraí", vocês vão dizer, "Blade nem é tão legal assim, vai" - e eu digo um fato desconhecido por muitos: a espada do Wesley era afiada mesmo, e ele praticou um pouco antes de começar a filmar. Esse "um pouco" rendeu incontáveis cortes em suas próprias costas, principalmente quando ele tentava embainhar a danada da espada! Conclusão - se Jackie Chan está aqui porque não usa dublês, Wesley obrigatoriamente tem que estar aqui também porque ele literalmente deu o sangue pra gravar Blade. Ele podia ter pedido uma espada sem fio. Ele podia ter praticado mais. Mas não. Ele é Macho pra caralho.

Steven Seagal
Dono da pior técnica de interpretação entre heróis de ação (pois o pior EVER ainda é o Clive Owen)(nota do Setz: Steven Seagal sempre interpreta a si próprio.), Seagal ainda impôe sua presença aqui. Mestre de aikidô bruto, é um ator relativamente novo em comparação com os outros dessa lista. Seu primeiro filme, "Nico: acima da lei", mostra-o no papel que encarnaria EXATAMENTE em todos os outros filmes: um homem da lei um tanto indisciplinado que dá muita porrada em todo mundo, sempre quebrando o dedinho de um dos capangas. As cenas de porrada de seus filmes, bem como as cenas de ação de "A Força em Alerta" o colocam nessa lista, mas sua péssima atuação, personagens default sem-graça e seu rabinho de cavalo o impedem de ocupar uma posição melhor.

Kurt Russell
Kurt Russell fez já uma paulada de filmes, mas está no ranking por causa de apenas dois clássicos de John Carpenter, um diretor que merece ter seu nome citado: "Fuga de Los Angeles" e o SOBERBO "Aventureiros do Bairro Proibido". No primeiro, continuação de "Fuga de New York", que eu não vi, no papel do bandidão Snake Plissken, Kurt mostra que é do tipo que pega jacaré em tsunami (de fato, ele literalmente pega onda num tsunami no filme). O filme se passa no "futuro pós-apocalíptico", mas poderia muito bem se chamar "Fuga do Rio de Janeiro" (nota do Setz: devia mesmo), pois é mais ou menos a mesma coisa. Numa cidade devastada pelo crime e isolacionismo, dominada por um cara que é um clone do Hugo Chaves, o cara sinistro com um tapa-olho chega, come a bunda de todo mundo, cumpre a missão e lança a raça humana de volta à idade da pedra. Fucking awesome. O segundo é um dos melhores filmes de todos os tempos! Kurt é imortalizado no melhor papel de toda sua carreira, Jack Burton. O caminhoneiro com pinta de machão se envolve numa treta fudida em Chinatown, mobiliza toda a chinezada e mata o Lo Pan, o chinês gigante com poderes cabulosos que dedica sua vida a foder a vida dos outros(nota do Setz: e ia se casar com as duas gostosas do filme - AO MESMO TEMPO), tudo isso em cenas hilárias com monstros, explosões mágicas, chineses voando pra todo lado e outras coisas maneiras. (nota do Setz: ele é tão badass que quando ele mata o vilão, arremessando uma faca na cabeça do mesmo, você fica vendido. Não tem cerimônia. O cara morreu mesmo.)Mesmo o inevitável papel num filme infanto-juvenil não lhe tira pontos, afinal ele interpreta o super-herói Stronghold em "Sky High". Não dá pra tirar pontos do homem mais forte do Universo.

Chuck Norris
Quando lançaram aquela mania dos "Fatos de Chuck Norris", a galera tinha embasamento: Norris was the shit! Com aquela barba de cara bruto e seus chutes cabulosos, Norris chutava bundas como ninguém no seu tempo. Apesar de passar um tempo meio esquecido, Norris se mantém eternamente consagrado como um cara da pesada, principalmente pelo melhor filme de sua carreira: "Braddock". Braddock era um bicho ruim! O cara entra no Vietnã como se fosse o dono do pedaço, realiza sua missão com maestria e sai numa boa, deixando um rastro de cadáveres por onde passa. Mas o que mais me chocou em minha infância nesse filme foi a cena da tortura: botam um saco na cabeça do Braddock com um rato dentro, e o que ele faz? Mata o rato a dentadas!

HERE COMES A NEW CHALLENGER: Laurence Tureaud
Muita gente nem deve conhecer ele pelo verdadeiro nome, mas basta citar o seu mais célebre personagem e todos nós nos lembramos imediatamente do negão chapado de correntes e anéis de ouro, com um penteado deveras bizarro, uma jaqueta jeans sem mangas com uma camisa vermelha por baixo: Mister T, do célebre "Esquadrão Classe A". O mecânico da equipe era também uma espécie de ser mecânico, criado a partir de todo carvão que papai noel trouxe para as crianças más no natal. Ele descia a porrada sem dó, e tinha uma curiosa peculiaridade: descia a porrada nos amigos também, se o obrigassem a entrar em qualquer geringonça voadora - ele tinha Acrofobia, medo de altura. Tinha que ser sedado até chegar no local das missões, para que ninguém morresse no caminho.
(nota: Também existe uma página de Fatos de Mister T, e é infinitamente melhor que a de Chuck Norris.)

Charles Bronson
Vovô dos filmes de ação, Bronson sempre mostrou que idade não importa quando você tem nervos de aço, pontaria de um semi-Deus e aquela postura de quem não atura merda de ninguém. Antigamente encarnava nos faroestes, que eu também adoro, como por exemplo no papel do Gaita em "Sete homens e um destino", e lá já mostrou que chegou pra foder. Porém ele se consagrou mesmo foi no papel de Paul Kersey, o justiceiro da série "Desejo de Matar". Antes de "Rambo", ninguém tinha matado tanta gente quanto Paul Kersey, um arquiteto que tem a família assassinada e decide dedicar o resto da vida a matar criminosos à torto e à direito. Meu filme favorito é o 4, em que ele se hospeda na casa de um amigo numa vizinhança da pesada. Num dado momento, ele adquire uma pistola que ele descreve como "Uma versão miniaturizada do rifle de caçar elefantes". Uma cena merece descrição: Kersey compra um carro novinho, com rádio, e deixa estacionado na porta de casa. LÓGICO que foram roubar, como ele previa! Ele pede licença aos amigos e desce para falar com os bandidos.

Kersey: Ei, o que vocês estão aprontando?
Capanga: Não enche o saco, tamo roubado esse carro!
Kersey: Mas esse carro é meu!
Capanga: Então toma teu rumo, chefe!

Kersey saca um revólver, mata os três sem nem piscar, sobe e retoma seu jantar, explicando aos amigos que "O recado está dado". Ou seja, Charles Bronson chegou, a brincadeira acabou. Eu juro que a cena foi EXATAMENTE assim!
Por matar centenas de pessoas em filmes cabulosíssimos, Bronson é nosso quinto colocado.

HERE COMES A NEW CHALLENGER: Samuel L. Jackson
Samuel L. Jackson não é um badass tão grande, mas tem a mesma "vantagem" do Van Damme - ele está em todos os filmes legais, com papéis legais. Eu já perdi a conta de quantas vezes ele já foi presidente dos Estados Unidos ou algum oficial do exército de alta patente. Mas o que realmente me chocou foi o fato de remodelarem um personagem Badass das antigas, dos quadrinhos, chamado NICK FURY... para deixá-lo parecido com o Samuel L. Jackson! E no filme do Homem de Ferro, adivinha quem faz uma pontinha, como o PRÓPRIO Nick Fury, nos extras durante os créditos??? SAMUEL L. JACKSON!!!

Vejam abaixo o Nick Fury tradicional e a nova versão:


































Jason Statham
Avatar do Deus Careca Invocado(nota do Setz: ele é o protetor de tudo que é viril, bruto e explode), Jason Statham estabelece um novo patamar de caras brutos. Seus filmes são todos repletos de cenas dele nas melhores perseguições de carro da história do cinema, e lutas animais onde sobra chute na cara de todo mundo, sendo a melhor a do ônibus em "Carga Explosiva". Esse filme mesmo foi o primeiro que vi dele, e é cheio de tiroteios, explosões, porradas e perseguições de carro. "Snatch - Porcos e Diamantes" não é um filme de ação, mas eu só queria mencionar aqui porque é cabuloso, e o personagem dele é animal. ASSISTAM! Pra terminar, o último filme dele que assisti foi "Adrenalina". Todo filme de ação tem seus momentos de calmaria, mas não esse. Chad Chelios foi envenenado e, pra não morrer, deve manter a adrenalina correndo pelo sangue. São 90 minutos NONSTOP de coisas explodindo, carros correndo, socos voando e gente tomando tiro!
Por ser um cara invocadíssimo, incrivelmente estaile e protagonizar alguns dos melhores filmes que já assisti, Jason Statham só não sobe no pódio porque os três primeiros são realmente da pesada. Se ele fizer mais dois filmes como esses, podem considerá-lo o terceiro colocado e, se fizer mais quatro, vira o segundo.

HERE COMES A NEW CHALLENGER: Mick Foley
Esse vai pegar muita gente desprevenida. "Quem é Mick Foley?" Eu respondo: ele é um lutador de Luta Livre. Mas não é um cara qualquer. Ele é um dos mais lendários sacos de pancada que a humanidade já viu. Não satisfeito em ser uma Metamorfose Ambulante, como diria Raul Seixas - e aliás, parecer com Raul Seixas se o Tio Raul pesasse uns 130kg e tivesse 1.90m de altura, eu agora inicio a narrativa de uma das lutas de Mick Foley contra seu padrinho de casamento, Mark Calaway (vulgo Undertaker), Mick Foley começa a luta sendo arremessado de uma altura de 7 metros sobre uma mesa de madeira com televisores em cima. Ele ficou um bom tempo parado no chão, visto que a queda lhe rendeu algumas costelas quebradas. O próprio Mark diz "Quando eu o lancei e olhei para baixo, fiquei desesperado. 'Matei o Mick', pensei. E eu não podia descer. Era parte do show." Mas, em um ato de pura virilidade, Mick Foley sobe novamente a estrutura de metal em forma de gaiola que acabara de ser arremessado, apenas para cair de novo - dessa vez, através do teto, em cima do ringue, que se encontrava dentro da gaiola. Uma cadeira caiu junto com ele, atingindo-o na boca, arrancando-lhe alguns dentes. Esta queda também fraturou um dos ossos do braço dele. E ele parou? NÃO!!! MICK FOLEY NÃO PÁRA!!! Ele se levantou, bateu um pouco no Undertaker, e espalhou algumas tachinhas pelo chão. Após alguns minutos, o que acontece? Mick Foley tenta levantar os degraus de uma escada de metal que dão acesso ao ringue, mas não consegue (em virtude ao ferimento do braço). Mark pega os degraus, atinge-o, o arremessa para dentro do ringue, e o joga nas tachinas - não uma, mas DUAS vezes, finalmente, encerrando um dos combates mais violentos da história da luta livre "ensaiada" americana. A equipe médica entra, mas Mick Foley recusa-se a sair de maca. Terry Funk e um juiz o ajudam a sair, de pé, caminhando (todo torto) do palco. Mick Foley é macho pra caralho, e quem não reconhece isso merece ser castrado.

Jackie Chan
Alguns podem se perguntar "Como é que você coloca Jackie Chan, Van Damme e Seagal nessa lista e não poe Bruce Lee e Jet Li?" Bom, eles são realmente lutadores excepcionais, muito maneiros, mas os filmes deles são muito fraquinhos (principalmente os do Jet Li). Agora o Jackie é diferente! O cara dá muita porrada! Os filmes dele são excelentes (exceto esses bobos, cheios de efeitos especiais) e as coreografias de luta são animalescas, cheias de movimentos impressionantes, coisas engraçadas e apetrechos legais. Quem mais você já viu usar uma escada dobrável pra lutar, seriously? E as lutas são emocionantes! Em "Police Story 4" ele enfrenta uma legião de gente, com muita coisa quebrando e todo mundo se fodendo de verdade! Tem um filme que ele sai na porrada com um cara por mais de dez minutos! "Drunken Master" é O MELHOR filme de porrada de todos tempos... e por aí vai. Mas o que torna Jackie macho MACHO mesmo é que ele é o único dessa lista toda que se fode pessoalmente sempre! Dublê é o caralho; seja pra pular de prédios ("Arrebentando em Nova York"), pendurar-se de veículos em movimento ("Hora do Rush") ou lutar entre ferramentas industriais de alta periculosidade ("Mr. Nice Guy"), Jackie vai lá pessoalmente e dá a cara à tapa. E mesmo quando se fode ele engole o choro, rubs some dirt on it e continua filmando, mesmo fodido. Osso duro de roer.

Sylvester Stallone
O Garanhão Italiano é macho, e isso não dá pra negar. Como ator e pessoa, se fodeu a vida toda, até finalmente começar a fazer sucesso, e até isso foi difícil. "Rocky" foi seu primeiro filme de sucesso, e com isso Stallone já entrou com pé na porta e soco na cara nessa lista. Rocky Balboa é um cara macho: trabalhava de cobrador de agiota, dando porrada em caloteiro, e daí teve chance de mostrar pro mundo que era bom no braço. "Rocky 4" é o primor da série. Ele se fode na neve, na Rússia, carregando tronco, treinando no celeiro... enfim, faz um curso intensivo de masculinidade russa (parecido com o do Zangief, mas sem ursos) e ganha a força necessária pra descer a porrada no Drago, o russo gigante interpretado pelo Dolph Lundgren. Em "Demolidor", ele encarna um policial que é descongelado num futuro cheio de bichonas atormentadas pelos machos que resistem à extinção nos esgotos da cidade. Stallone enche as bichas de porrada, enche os machos de porrada, enche o Wesley Snipes de porrada e come a Sandra Bullock. Fucking awesome. Mas vocês me conhecem bem. Vocês SABEM porque Stallone está aqui.
"Rambo" conta a história de um ex-boina-verde, perdido numa sociedade que o julga só mais um assassino. Perseguido por todos, Rambo faz o que faz melhor: se enfia no mato e passa a rola na bunda de quem encher o saco. O cara só foi preso porque se rendeu numa boa, porque se fosse no braço ele matava a cidade toda. "Rambo 2" é tipo o "Braddock" do Stallone. Ele entra no Vietnã, cumpre a missão e pavimenta as estradas vietnamitas com sangue de vietcongue. "Rambo 3" manda o Rambo pro Afeganistão. O enredo do filme é uma bosta e nem vale a pena, mas a guerra rola solta, e a ação faz o filme merecer seu nome na série. E eu nem vou falar de "Rambo 4"...
NOTA ESPECIAL DO SETZ: Um marco deste filme não é o excesso de sangue nas cenas de tiroteio - são os PEDAÇOS. Eu tenho plena certeza de que o Stallone não gastou muito com efeitos especiais - ele comprou BIRMANESES DE VERDADE para MORREREM no filme. Apenas assim ele conseguiria o efeito que desejava. E também temos a célebre frase final de Stallone Cobra: "Você é um cocô, e eu vou te matar."

HERE COMES A NEW CHALLENGER - Moisés
Mas espera aí... Moisés? O da Bíblia? SIM! MOISÉS! O da bíblia!

Meu amigo, minha amiga, eu não me lembro da última vez que vi um cara sexagenário ter tanto superpoder ao mesmo tempo. Ele tinha uma bengala com a qual ele fazia o diabo a quatro: ele a transformava em cobra, com ela ele fazia chover sapos, sangue, transformou o Rio Nilo em sangue, controlava nuvens de gafanhotos, matou o primogênito de cada família do Egito... O cara era um genocida em nome de Deus. Quando finalmente, o Faraó do Egito resolveu deixar os Hebreus irem embora com ele, mas depois mandou umas bigas lá pra matar todo mundo, ele jogou a bengala por cima do mar vermelho (até hoje, os atletas nas olimpíadas não conseguem quebrar o récorde de Moisés de arremesso de dardo), que se abriu e permitiu a passagem dos Hebreus. Depois, o todo misericordioso Moisés fez o mar se fechar em cima dos egípcios. Caridoso, ele, né? E lá vão os Hebreus peregrinar pelo deserto. E quem dava água e comida pra eles? Moisés. Ele literalmente espremia pedras que encontrava pelo seu caminho, tirando água de dentro delas, e com sua bengala mágica, fazia chover pão de mel (que eu aposto que era farinhento e amargo, porque ele era badass demais pra botar açúcar na receita).

Um dia, Moisés chegou no pé de um morro e a voz que ele escutava dentro da cabeça dele disse pra ele subir o morro e escrever leis absurdas em duas pedras pesadas, no meio de uma tempestade de raios. Quando ele desceu o morro, com as duas pedras, ele se depara com seu povo adorando um BODE DE OURO! Ele imediatamente encontrou o culpado, mandou que derretessem o ouro do bode e que fizessem com ele uma caixa, onde ele guardou as duas pedras pesadas. E quem carregou a caixa, pelos 40 anos seguintes, de metal, embaixo do sol "fresquinho" do deserto de Israel?? Exato. O cara que teve a idéia do bode. E eu aposto que eles só levaram 40 anos porque ele deve ter ido batendo a bengala nos joanetes do cara da caixa, fazendo-o tropeçar toda hora.

Arnold Schwarzenegger
Discutindo sobre a graça que eventalmente se dissipou dos "Fatos de Chuck Norris", a galera da A.D.B. entrou em consenso: Arnoldão é o cara mais macho, não Norris. Vamos falando aos poucos.
O primeiro filme que eu vi dele foi "Comando para matar". Um general malvado resolve provocar a ira do Arnoldão raptando sua filha. Como diria Dave Mustane: "First mistake, last mistake". Com metralhadoras e lança-mísseis, Arnoldão causa uma balbúrdia que fariam John Rambo e Paul Kersey aplaudirem de pé.
(Nota especial do Setz²: Nesse filme, Arnoldão arranca uma cabine telefônica com os braços. Saca, aquelas chumbadas no chão?)
Em "Exterminador do Futuro", ele é o famoso ciborgue que vêm do futuro, para matar Sarah Connor no primeiro, e proteger John Connor nos seguintes. Na boa... acho que nem o Rambo agüenta o tranco contra esse aí. O cara é tão fuderoso que consegue abalar as estruturas sem matar ninguém, em cenas célebres dos filmes.
Em "Predador", ele é mais um soldado fudidão estilo Braddock, mas tem um bônus. Além da treta generalizada na selva, ele tem que encarar um alienígena super-poderoso com armas muito superiores. Na luta final ele encara o bicho de frente, diz "Você é mesmo muito feio" e sai no braço com a criatura de 2,5m. Qualquer criatura abaixo do predador teria se cagado.
(Nota especial do Setz³: nesse filme, ele sobrevive à uma explosão nuclear.)
Em "Sobrevivente" ele é falsamente acusado de genocídio (OH SH--!) e mandado prum programa de TV onde enfrenta caras muito cabulosos. Se sobreviver, é perdoado. E que programa, PQP! Caras com lança-chamas, serras elétricas, e ele só com um collant amarelo. Lembra muito o "Fuga de Los Angeles", mas melhor.
Em "Conan - O Bárbaro" e "Conan - O Destruidor", ele... porra, ele é o Conan! Grande, cabeludo e monossilábico, ele tem uma espada e corta tudo que é nórdico e malvado. Dois filmes para entrarem pra história!
Meu filme favorito é "True Lies", onde o Arnoldão é um agente secreto que esconde a profissão da esposa, profissão essa que consiste em proteger o mundo, espionar, e matar mais gente por dia que o John McClane já matou a vida toda. Num dado momento, sua esposa anuncia "Me casei com o Rambo". Se esse, que nem é seu personagem mais destrutivo, pode ser comparado ao Rambo (ainda que ela tenha exagerado MUITO), imagine a união de todos?
Eu poderia falar de ainda mais uns cinco filmes, no mínimo, mas já basta. Por ser enorme, invocado, altamente destrutivo e governador da Califórnia, Arnoldão Chuazenega é eleito por mim (e por mim também) o cara mais duro na queda da história do cinema.

segunda-feira, 16 de junho de 2008

O PRIMEIRO GRANDE PROBLEMA DA RELIGIÃO

E lá vamos nós abordar mais um tema polêmico.

Bom, esse já tava na pauta desde a criação do Blog. Nada é mais "morte da realidade" que acreditar em algo que simplesmente não se vê, não se toca, não se cheira, nem se tem nenhuma outra prova de que está lá. A este ato aparentemente incoerente dá-se o belo nome de "FÉ".

Note que "FÉ" é diferente de "CRENÇA". Fé é acreditar. Crença é acreditar que você tem que viver sob um sistema de normas, criadas há sabe-se lá quanto tempo atrás, para atingir iluminação espiritual/salvação da alma imortal/nave espacial na cauda do cometa. Você pode ter FÉ que exista algo como Deus, ter FÉ que você vá conseguir se safar de uma cirurgia séria, e assim por diante. Quando eu digo que falta Fé para o povo Brasileiro, não digo que o povo Brasileiro precise de Deus. Ele precisa de Fé em SI PRÓPRIO.

Mas a Crença é um pouco mais complicada, porque com a Crença vem os Tabus, os Pecados, as Virtudes, as Leis, os Santos, os Demônios, Anjos, Incoerências e todos os outros absurdos responsáveis por boa parte da miséria do homem no planeta. Com a Crença vem o PODER POLÍTICO - não necessariamente o poder DENTRO da política, o poder de CONTROLAR AS MASSAS - e meu amigo, minha amiga, quem controla as massas, controla o mundo.

Dizem que do encontro com o primeiro ignorante com o primeiro espertalhão nasceu o primeiro Deus. Não nego que a hipótese me desperte um sorriso irônico... mas se pararmos para analisar friamente, muitos dos "tabus" religiosos de livros como o Alcorão, a Bíblia, o Torá e tantos outros, faziam completo sentido uns 2000 anos atrás, e aliás, não só faziam total sentido, como também eram feitos para tornar sua vida mais segura.

Vamos tomar por exemplo o Alcorão (ou Corão, como preferirem).

De acordo com o Alcorão, o muçulmano pode apenas comer carne "halal", ou seja, carne "santa". Os requisitos para que a carne seja considerara "halal" são: que o animal não seja um carnívoro (como cão, gato, macaco, porco), o animal deve ser abatido com o mínimo de sofrimento possível (um corte na jugular, mais especificamente, e mesmo já sendo provado que há outros métodos mais rápidos e indolores, a maior parte dos abatedouros muçulmanos continuam seguindo este método.

Agora, se hoje já temos alguns problemas sérios com relação à vermes em países de 3o. mundo, imaginem como a coisa era há 2 mil anos atrás.

Just. Immagine. The. Fucking. Filth.

Visualiza a cena. Viaja comigo, criança. Você é um árabe, tentando explicar pro seu vizinho árabe que comer a carne do porco da pocilga não é uma boa idéia. Mas ele é macho pra caralho, vai e come. E morre. E uma hora, você diz que DEUS te disse que não era pra comer carne de porco (aí tem que ser porco NENHUM, não importa a sujeira - porquê o joão, que cria os porcos limpos, pode, e eu, zé, que crio os porcos comendo minha própria merda, não posso? INJUSTIÇA!), e ninguém mais come carne de porco, e de repente, a média de idade das pessoas sobe de 23 pra 33 anos de vida. Irônico?

O que aconteceu foi mais ou menos isso, na minha opinião: na maioria dos Tabus, havia um problema, que só podia ser sanado (ou pelo menos, de maneira fácil e rápida) através de INTERVENÇÃO DIVINA. E por INTERVENÇÃO DIVINA, entenda-se uma mistura de:
-AMEAÇAS
-MEDO
-CHANTAGEM
-RECOMPENSA

e todo o resto que você quiser. =)

E como você faz isso tudo de uma só vez?


Amigo.

Imagina um cara.

Um velho.

Ele sabe de tudo.

Vê tudo.

Pode fazer qualquer coisa.

Tá sentado lá em cima.

Olhando pra você.

Nesse exato instante.

Se você fizer o que ele diz...

Ele tem um lugar especial pra você.

Do lado direito dele.

Se você ir contra ele...

Nem que seja uma única vez...

Ele tem um lugar terrível.

Cheio de crueldade, maldade.

Onde você vai queimar e arder.

Até o fim dos tempos.

Mas ele te ama.

Ah, meu amigo... ele te ama.




Tentem olhar de um ponto de vista externo. Tentem se imaginar uma cebola antropóloga ou uma banana filósofa. Tentem enxergar a humanidade de um ponto externo.

Okay. O conceito de Deus. Honestamente. Faz Sentido?

Se a resposta foi "NÃO", bem-vindo ao meu mundo. Você tem boas chances de ser um Deísta/Ateu/Agnóstico. Mas não se preocupe! Você não vai queimar no inferno por estar lendo estas minhas bobagens. Eu também não vou te impedir se você não quiser arriscar e quiser parar agora, nesse exato instante. Vai que o cara realmente existe...

Mas lembre-se que se você está lendo esse blog, e ele acha isso podre...
Você já deve ter feito coisa pior.

Um erro.

=(


Todos nós já ouvimos falar sobre uma certa entidade mágica, branca e felpuda, que vem nos entregar chocolates 40 dias depois do carnaval, certo? Ou do terrível VELHO DO SACO, que pega as crianças pela mão e leva-as embora (e este, embora REALMENTE tenha existido, tornou-se uma lenda urbana, adquirindo características mitológicas, como onipresença). Na minha opinião, esta segunda é exatamente a função da religião: nos deixar seguros quanto à perigos que não conhecemos, pelo menos enquanto não possuímos MATURIDADE MENTAL o suficiente para percebermos que tudo não passa de histórias criadas por povos há mais de 2000 anos, tentando, cada vez mais, serem afurdalhadas garganta abaixo de quem não quer. É óbvio que se deixarmos nossos filhos soltos pela rua, eventualmente serão levados embora por algum tarado / louca / atropelados. Por isso usamos o bom senso. E para eventualidades, caso não estejamos por perto, contamos a história do HOMEM DO SACO, que vem e leva elas embora caso elas saiam de casa enquanto os pais não estão. Assim, elas ficam em casa, mais seguras, e os tarados/loucas/carros desgovernados ficam fora de casa (geralmente).

Chegamos, então, no PRIMEIRO GRANDE PROBLEMA da religião, ao meu ver.

Religiões são, em sua grande maioria, ancestrais. Datam de milhares de anos atrás. Estão, portanto, obviamente, terrivelmente, indubitavelmente... D E S A T U A L I Z A D O S .

Vamos lá. Se não acreditam, vamos começar pela religião que deve ser a mais famosa, e se não for, com certeza é a mais numerosa (com entre 1.9 e 2.1 bilhões de adeptos world-wide)... o CRISTIANISMO.

O Cristianismo, como a maioria de nós já deve estar ficando careca de saber, é dividido em 2 partes - um "velho testamento" e um "novo testamento", divididos pelo nascimento de Jesus, o "escolhido". Tipo um NEO das antigas. Mas eu não quero falar de jesus ainda. Eu vou chegar lá, mas provavelmente, não hoje. Eu quero falar sobre os DEZ MANDAMENTOS.

Os 10 mandamentos são, miticamente, 2 tábuas de pedras que Deus deu pessoalmente à Moisés, no topo de uma montanha, onde ninguém viu, depois q ele subiu e ficou lá a tarde inteira. Nelas estavam escritas 10 leis, que volto a lembrar - NÃO FOI ELE QUEM ESCREVEU!!!! - que regem o Cristianismo ATÉ OS DIAS DE HOJE. Sim. Desobedecer um dos 10 mandamentos é PECADO. Pergunte a qualquer padre. Pergunte a qualquer bêbado. Pergunte a qualquer judeu. Eles também seguem os mandamentos.

O quarto mandamento, particularmente, me chama a atenção.

"Lembra-te do dia de Sábado, para santificar. Seis dias trabalharás, e farás todo o teu trabalho; mas o sétimo dia é o sábado do Senhor Teu Deus. Neste dia não farás trabalho algum, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva (eles tinham que definir bem porque o povo é burro/malandro, note como não menciona a mulher que tem que esfregar as cuecas sujas e fazer a comida), nem o teu animal, nem o estrangeiro que está dentro das tuas portas."

Okay, resumindo: NÃO TRABALHARÁS NO SÁBADO.

E o que fazer com quem desrespeita esse mandamento??

Sei lá... umas 10 flexões? Ficar 1h no canto olhando a parede? Ir rezar uns 3 pai nossos? (ôôô coisa chata....)

Não, meus amigos :D

Êxodo, 31, da própria bíblia, nos diz EXATAMENTE o que fazer com esses SAFADOS ORDINÁRIOS QUE TRABALHAM NO MALDITO SÁBADO!!!! Ò_Ó

"Seis dias trabalhará, mas o sétimo dia será sábado de descanso solene, santo ao Senhor; qualquer que no dia do Sábado fizer algum trabalho deve ser morto."

M O R T E .

Parece uma punição justa. É, bem, você pregou um prego na parede, é sábado. Por favor, ajoelhe-se. *BANG* Tente lembrar-se de não martelar aos sábados em sua próxima encarnação. Ops, você é cristão? Então você não tem próxima encarnação... Você vai é queimar no fogo do inferno, amigão!!!! Lembra do cara lá de cima? O que vê tudo? Ele te viu de martelo na mão!!!! =x

FODEUUUUUUUUU!!!!!!!!!!

E isso é só o começo. A bíblia não cansa de citar como a Lei de Deus é perfeita e imutável. Para nossa sorte, sabemos que a Bíblia não foi escrita por Deus em pessoa, e sim por algum empregadinho de alguma sessão obscura que foi fazendo várias cagadas no processo. Mas Deus também não queria um trabalho decente. Se quisesse, teria feito ele mesmo, já que ele pode tudo, e pode mais que os outros, já que ele é Deus, porra! Era só ter desejado a merda do livro no colo de alguém cagando! Mas também, dizem que Deus escreve certo por linhas tortas. Talvez seja isso. Talvez o velho só tenha uma caligrafia monstruosa. ;)

Bem, vamos ficando por aqui hoje, tirando nossas conclusões finais, para quem teve preguiça de ler tudo acima...

1-) Religião é que nem o Velho do Saco: Depois que você cresce, você não precisa mais ter medo dele. Você pode simplesmente dar um chute no saco dele.

2-) Deus sabe tudo, vê tudo, pode tudo, mas não faz nada. Eu acho que não fazer nada está incluso no "pode fazer tudo". Mas eu sou eu, e você é você. Cabe a você achar o que você quiser, e a mim achar o que eu quiser. Ou não achar nada.

3-) Quem controla as massas, controla o mundo. E quem controla as massas? O pessoal que diz o que o único cara que está em todos os lugares ao mesmo tempo, vendo o que você está fazendo escondido no banheiro acha ou não certo e errado.

4-) Ateísmo, Agnosticismo e Deísmo são coisas diferentes. Falaremos disto e de muitas outras religiões e cultos no próximo post.

5-) MORTE À QUEM TRABALHA NO SÁBADO!!!!

6-) Se vamos continuar seguindo religiões como o Cristianismo com alguma (risos) seriedade, precisamos considerar seriamente 2 coisas antes: 1- precisamos de uma revisão bibliográfica URGENTE, pois atualmente estamos todos indo sentar no colo do capeta; ou 2 - não precisamos de nada e vamos sentar no colo do capeta do mesmo jeito, já que a Lei de Deus é perfeita e Imutável.

7-) "Ter fé" e "ter uma crença" é diferente. Você pode ter fé em si mesmo. Se você tiver uma crença em si mesmo, você é um louco megalomaníaco (ou o Flávio).

8-) "Intervenção Divina" é um nome bonito que se dá quando você chantageia um monte de gente burra dizendo que um ser superpoderoso vai arruinar com as vidas delas se elas não fizerem o que você manda.

9-) Moisés não escreveu os 10 mandamentos enquanto estava sozinho no topo do Monte Sinai. Isso é tudo intriga da oposição.

10-) Deus é um pervertido. Ele assiste enquanto você se masturba.



Bem meus queridos amigos, vou encerrando por aqui hoje. Não percam daqui a alguns dias para a sequência, com o segundo grande problema da religião - o seccionismo religioso, ou também "porque meu time é melhor que o seu" (sendo que nesse jogo os times são de mentira, veja só se pode...)

Abraços para todos e...


Fiquem com Deus :|

segunda-feira, 9 de junho de 2008

POVO BURRO É POVO FACILMENTE MANIPULÁVEL

Conta meu irmão de uma história onde um homem, para tentar dominar o mundo, tentou criar um alfabeto onde todas as palavras fossem derivações de uma única palavra, acrescida infinitamente de artigos, preposições, prefixos, sufixos e etc.

Isto obrigaria o povo a pensar menos quando falasse, deixando o cérebro das pessoas em um estado de "letargia permanente" tornando-as mais facilmente controláveis.

Amigos, venho trazer-des as mais recentes mudanças na nossa língua portuguesa.

*Texto extraído do blog Metrôlinha745, com edições minhas pelo meio do caminho, claro :)

As novas regras devem começar a entrar em prática ainda esse ano. Elas devem mudar entre 0,5% e 2% do vocabulário brasileiro.

* O Trema finalmente deixará de existir oficialmente. Para os n00bz que nem sabem o que ele é, é o que aparece quando você aperta shift+6. Ele faz a "lingüiça" ter som de gu-í ao invés de guí (tudo junto). Monteiro Lobato já escrevia sem tremas, e francamente, eu também não sou um bom adepto dos tremas... Como ninguém mais usava os “dois pontinhos no u” mesmo, eles resolveram "facilitar" pra gente e tirar de vez. Foda-se quem tem capacidade de usar mais de 2% do cérebro. Ah sim. Sobrenomes e nomes podem usá-la ainda.

* O hífen não se usará mais quando: 1. A segunda palavra começar com s ou r. Por exemplo: anti-religioso será escrito antirreligioso com o r duplicado. Exceção: terá hífen quando a primeira palavra terminar em r e segunda começar em r (super-revista) por motivos óbvios (superrrevista?). 2. Quando a primeira palavra terminar com vogal e a segunda começar com uma vogal diferente (aeroespacial).

ABSURDO O hífen existe justamente para facilitar a leitura, transformando uma palavra kilométrica em duas palavras curtas.

* O acento para diferenciar: essa aqui vai gerar polêmica. Existem palavras iguais que tinham significados diferentes, então, a muitos anos atrás nossos patrícios colocaram um acento pra diferenciá-las, assim, sem regra nenhuma. Agora este acento “caiu”, e palavras como pára (verbo parar) vai ser escrita igual para (preposição). Outros casos: péla (verbo pelar) e “pela” (combinação da preposição com o artigo); “pólo” (substantivo) e “polo” (combinação antiga e popular de “por” e “lo”) ; pélo (verbo pelar) e pêlo (substantivo) e pelo (combinação da preposição com o artigo) ; pêra (substantivo - fruta) e péra (substantivo arcaico - pedra) e pera (preposição arcaica). Vai dar mais confusão do que já dá….

Okay, okay, vamos ver se eu entendi direito. Então Côco e Cocô agora são Coco? Então se eu for em uma barraca na praia escrita VENDO COCO VERDE GELADO e pagar 2 reais e o cara me servir MERDA DE CRIANÇA VERDE GELADA eu não posso reclamar??? É isso??? Essa é a pior. É o primeiro passo a OFICIALIZAÇÃO DO INTERNETÊS. Os acentos diferenciais têm de ficar, sim. Eles são importantíssimos para a compreensão de certas palavras!!!

* O alfabeto vai ter 26 letras, com a adesão do K Y W. (pra quê? pra nada. Influência das línguas anglossaxônicas talvez..)

Yxu é puxkê ux miguxux já tavaum kanxadinhux di perdê puntinhu puske uxam k e y e w towda howra, néw?

* O Acento Circunflexo não será mais usado nas “terceiras pessoas do plural do presente do indicativo ou do subjuntivo dos verbos “crer”, “dar”, “ler”, “ver” e seus derivados” (OMG!). Calma calma, o metrô traduz para você: Agora vai ser: “creem”, “deem”, “leem” e “veem” sem acento =). Quando terminar em oo também não vai mais ter acento (voo, enjoo).

Tá, ficou esquisito, mas essa também não tem tanta influência assim. A própria regra gramatical já obrigava você a jogar a tonicidade lá mesmo sem acento, se não me engano. E mesmo que não obrigasse, agora eles inventam uma, afinal, aqui é a terra da lei inutil, não é mesmo? =D Tem cidade que tem área onde é proibido pousar disco voador, mas não tem uma lei contra pedofilia! Viva o Brasil! =D

* Acento agudo não será mais usado nos ditongos abertos (ei, oi) nas paroxítonas (assembléia, jibóia). Nas paroxítonas, com “i” e “u” tônicos (fortes), quando precedidos de ditongo. Exemplos: “feiúra” e “baiúca” passam a ser escritas “feiura” e “baiuca”.
A partir de hoje, eu falo "feiurÁ e baiucÁ então.

Tem mais uma regra, mas você com certeza não vai usar (ou você vai escrever: argúem, apazigúe e averigúe alguma vez?).

Os lusitanos vão sofrer um pouquinho mais para se adaptar, visto que eles ainda escrevem “acção”, “acto”, “adopção”, “óptimo”, “herva” e “húmido”. Mas a gente dá um desconto, afinal eles são portugueses né.


Como eu disse anteriormente, nossos poetas e escritores devem estar se revirando dentro de suas tumbas. O português está sendo torturado. Arrancam-lhe regras, impõem-lhe letras, extraem-lhe sinais... ao meu ver, numa tentativa EFICAZ de EMBURRECER as gerações futuras. Vamos admitir, pessoal - nós mesmos já somos bem acomodados. Quando foi a última vez que vocês (ou eu mesmo) pintamos a cara - que não seja por motivo de jogo de futebol - pra sair na rua e protestar contra alguma coisa???


...


[]'s